domingo, 3 de janeiro de 2010

Terra dos versos perdidos.

Meus versos
que já eram escassos
perderam-se nos espaços
das noites sem fim.

Tenho outros olhares
sobre outros lugares.
Como Peter Pan, minha sombra
desprendeu-se...de mim

Na Terra do Nunca
ela se escondera.
Preciso encontrá-la
ou aos versos... assim.

2 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Ricardo
Nem calculas como foi bom ver-te novemente...estava preocupada contigo, estranho se nem nos conhecemos, mas é assim.
Desejo-te tudo de bom para 2010.
Que te encontres, embora às vezes seja dificil.

Beijinhos carinhosos

Sonhadora

Cynthia Lopes disse...

Em tua terra de versos perdidos, Ricardo, bem eu encontrei a tua poesia, neste teu belo poema.
bjs,

Cynthia