sábado, 14 de novembro de 2009

Tolo.


Eu quero olhar
no fundo dos teus olhos
e ver neles meu caminho
sentir em cada cantinho
um resto de lágrima
que rolar não te deixei.
Ver gravadas em tua retina
somente as alegrias
que te causei.
No fundo destes olhos serenos
toda a pureza que despertei.
Minha vida
que em teus seios sonhei
e o amor
que em mim semeaste
que de tolo, todo
ainda
não te dei.

5 comentários:

Sonhadora disse...

Ricardo
Maravilhoso poema polvilhado de amos...vai em frente.
Um Beijo
Sonhadora

Cynthia Lopes disse...

Dos poemas ou versos que fizeste este por certo é o mais sentido, o mais bonito, o mais verdadeiro. Já o leste para tua musa? pois, devias fazê-lo, com todo carinho. Meu querido amigo, esse foi um grande passo, rumo à construção de um novo caminho. bjs

Ricardo Kersting disse...

Sonhadora

Quero só agradecer pelas tuas palavras, e por estares comigo.
Beijos.

Ricardo Kersting disse...

Cynthia
Meu caminho sempre foi esse, eu nunca disse só isso..Quanto a lê-lo, sinto que não é possível...Tecnicamente alguns romantismos não funcionam em minha vida..
Beijos..

LiLi disse...

Wowwwwwwwwwwwwww!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Que leitura sincera!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!