quinta-feira, 15 de julho de 2010

Para ninguém ler.

Há tantas verdades escondidas
nas frases que não serão lidas.
Há tantos pesares, amores perdidos
nos versos esquecidos
dos poemas jamais escritos
e paixões mal resolvidas
cantares não ouvidos
dentre alegres chegadas
sem as tristes partidas.

3 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Ricardo
Lindo poema...tantas verdades que ficam guardadas no fundo de nós...palavras ditas mas não ouvidas, tanta vida por viver.
Desculpa hoje estou negra.
tenho saudades de te ler.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

LiLi disse...

Há sempre muito mais do que o que se pode ler. Pra mim foi interessante sair da ansiedade de tudo relatar, p sentir o mistério do tanto que nao podemos ler.

Um grande abraço!

Laís Kunhasky Spilere disse...

Amei esse. A verdade nem sempre é a melhor. Há muita vida ainda para se viver e que ficou ali, guardada. Bj!