segunda-feira, 26 de julho de 2010

Jorge Kersting 1919 - 2010.



"Eu tenho absoluta certeza de que a vida é eterna".

"Estamos na Terra apenas para amar e respeitar a
todos seres vivos e a própria natureza".

"Fazendo e semeando o bem estaremos alimentando nossas
vidas de luz".

"Quanto mais luz houver em minha vida, maior será a
minha chance de "viver" junto à energia cósmica que
rege o universo".

"A minha vida não morre, ela sai do meu corpo e se une
à eterna luz de todas as vidas".

Quem teve o privilégio de conviver com seu Jorge, certamente
também teve a graça de ouvir essas e outras dezenas de frazes
proferidas por ele.
Quase em sua totalidade sobre temas densos e profundos, porém
tratados com simplicidade e nenhuma pretensão de arrogar
sabedoria. Entretanto, devo deixar claro que a sabedoria
deste homem transcendeu em muito às frases ditas.

Um simples olhar ou um sorriso diziam tanto ou mais que
qualquer palavra. Esse poder não é uma prerrogativa de
todos os mortais, mas sim daqueles que atingem um
desenvolvimento espiritual ainda em vida e conseguem
transmitir essa plenitude para outras pessoas independente
do estágio evolutivo dessas.

"Eu estive lá e estava tão bom. Porquê eu voltei"?

3 comentários:

Cynthia Lopes disse...

LUZ, tanta luz não morre nunca! Eu não creio na morte também, mas sei bem a saudade que fica...
Então, deixa que a saudade consola. bjs

LiLi disse...

Sábio. Pena que eu não o conheci. Mas, pensando bem, estou conhecendo seu pai através de você. E só por isso já devo agradecer. Fazem poucos iguais a ele. Parabéns pelo paizão que Deus te deu. Vc com certeza o mereceu muito! Bjao!

Stela disse...

Seu Jorge, conheci seu Jorge, tive este privilégio de conhece-lo brevemente, me encantou esta linda pessoa por sua vivaz alegria, brimcando como um garoto e trazendo nas palavras a sabedoria de sua alma.
Sua luz aqui na terra continuará a brilhar nos olhos dos seua mais queridos e em quem foi tocado pelo seu encanto. Bjs!