segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Refúgio

Quero
me refugiar nas ondas
calmas da tua voz
na penumbra acastanhada dos
teus olhos
no perfume das tuas mãos
no gosto doce
dos teus lábios.

4 comentários:

Sonhadora disse...

Meu querido Ricardo
Que doce e terno poema...bendita musa que te toca assim.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Maysha disse...

Gosto da ternura deste poema.
Um beijo de luz Ricardo.
Isa

Marcello disse...

Muito bom Ricardo.

Cynthia Lopes disse...

Deixa-te então...
bjs