terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Luz


O amor é a chama.
A vida é a luz.
Há tanta luz
que não podemos
descrever.

Somente quem esteve no centro
dum furacão pode imaginar esse poder.

Ela está sempre presente
no começo e no fim de tudo.
Procurei palavras bonitas
para contar o que vi.

Tola intenção, jamais poderia.

2 comentários:

Sonhadora disse...

Ricardo
Meu querido Amigo
Saudades...voltaste tu...e voltaste no teu poema.
Ainda bem...que a luz te ilumine.

Beijinhos

Sonhadora

Cynthia Lopes disse...

Oi Ricardo, é tempo de luz!
Tens razão não há palavras, nestes momentos, só é possível se entregar e deixar o resto acontecer, os milagres, que sempre partem da luz.
Um grande abraço e um Feliz Natal,
Cynthia